A mulher mais feia do mundo dá uma grande lição contra o preconceito


Lizzie Velasquez sofre de uma síndrome raro que tem feito dela uma vítima de bullying, mas, a mulher de 24 anos fez do preconceito a sua força. Não se escondeu, mostrou-se e revelou-se uma oradora que motiva pessoas por todo o lado. A «mulher mais feia do mundo», como já foi apelidada, deu uma conferência TEDx linda, em Austin, nos Estados Unidos. E com muito humor.

Lizzie tem uma síndrome tão raro, tão raro que só há mais duas pessoas no mundo que sofrem da mesma doença. Na conferência, Lizzie arranca gargalhadas enquanto descreve a sua doença da qual se sabe muito pouco ou nada praticamente, e descreve os seus «benefícios».

Na conferência TEDx de Austin, nos Estados Unidos, no final de dezembro, Lizzie, mais do que uma conferência, deu uma lição de vida.