Descoberta pirâmide subaquática nos Açores


Está a 40 metros da superfície e tem uma base maior do que um estádio de futebol. Com 60 metros de altura e 8 mil metros quadrados de base entre a ilha Terceira e São Miguel, Diocleciano Silva, velejador português, acredita que este assunto tem muito mais para mostrar.

Detetada pelos seus aparelhos de navegação, o velejador português alega que é uma pirâmide perfeita e impressionante devido às suas formas. Pela precisão das linhas, Silva não acredita que a estrutura tenha origem natural.

A descoberta terá sido feito há cinco meses quando o velejador procurava bancos de pesca. O velejador já entregou as coordenadas da cultura e espera que o mistério seja esclarecido.

Será esta pirâmide parte das ruínas de Atlântida?