Equipa salva elefante que estava a morrer lentamente com uma seta venenosa espetada no corpo


Este elefante africano de 4 toneladas foi encontrado a morrer lentamente, após ter sido atingido com um dardo venenoso, provavelmente por caçadores cruéis. A equipa médica de “David Sheldrick Wildlife Trust” anestesiou o animal de forma segura para remover o tecido muscular morto e extrair a flecha venenosa.

Felizmente tudo correu bem!

Segue o vídeo: