IKEA lança alerta após bebé morrer estrangulado por fio de candeeiro


A empresa IKEA publicou um alerta de segurança na sua página oficial relativamente ao candeeiro de parede da linha ‘Smila’, à venda nas suas lojas. Este comunicado surge na sequência do caso de Daniel Madden, um bebé de 17 meses, que morreu estrangulado pelo fio do candeeiro.

ikea aviso

“A segurança é uma prioridade máxima para a IKEA. Por isso, pedimos aos nossos clientes que tenham um candeeiro de parede SMILA, que verifiquem imediatamente se o candeeiro e o respetivo cabo estão fora do alcance de crianças quando instalados junto a um berço ou espaço de actividades, e que o cabo está fixo de forma segura à parede”, pode ler-se na página oficial da IKEA.

O incidente, que teve lugar em Glasgow, no Reino Unido, aconteceu em Outubro do ano passado mas só foi conhecido agora, de acordo com o Scottish Express.

O conhecimento do caso levou a marca a alertar todos os clientes para que voltem às lojas com o artigo para que recebam um “kit de reparação com uma etiqueta de segurança, instruções de segurança e fixadores autoadesivos para fixar o cabo do candeeiro à parede”.

A empresa acrescenta: “(…) Qualquer artigo que utilize cabos ou cordões, tais como estores ou persianas, pode apresentar um risco para os mais pequenos. Por isso, os cabos e cordões devem estar sempre fora do alcance das crianças”.

Fonte: noticiasaominuto