Mensagem falsa sobre privacidade volta a espalhar-se no Facebook


Já não é a primeira vez, mas muitos utilizadores do Facebook voltaram a partilhar uma mensagem falsa sobre definições de privacidade na rede social.

Os utilizadores que publicam a mensagem-embuste pedem aos amigos que desmarquem as opções ‘Life Events’, ‘Fotos’ e ‘Comentários e Gostos’ nas definições do seu perfil com o objectivo de impedir que estranhos acedam às suas publicações. Mas esta acção apenas faz com que os amigos deixem de receber notificações sobre o utilizador e não protege o utilizador no que diz respeito à privacidade.

facebookmensagem

Para que estranhos não acedam aos conteúdos, o utilizador deve definir as opções de privacidade de cada vez que publica uma imagem ou outro conteúdo, podendo escolher se o conteúdo é público, acessível a todos os amigos ou só a um determinado grupo de pessoas.

Alguns conselhos sobre privacidade no Facebook:

Os utilizadores não devem publicar imagens de crianças ou outras que não querem ver públicas nas fotos de perfil nem nas de capa, pois essas estão, por definição, acessíveis a qualquer pessoa (para tornar as fotografias de perfil privadas tem de escolher essa opção para cada uma delas).

Os amigos de cada utilizador devem estar organizados por grupos. Se colocar os amigos com quem não convive ou tem pouca confiança em grupos como ‘conhecidos’ ou ‘restrito’ e definir sempre nas suas imagens que apenas as quer acessíveis ao grupo dos ‘amigos’ ou ‘amigos chegados’ evita utilizações impróprias. Se criar o grupo família dentro dos seus amigos, por exemplo, pode apenas partilhar as suas imagens com esse grupo.

Peça aos seus amigos que não partilhem as suas imagens, sob pena de estas ficarem visíveis às centenas de amigos da pessoa que partilhou a imagem.

Seja claro e proíba mesmo os seus familiares (avós, tios, etc.) e amigos de publicarem imagens dos seus filhos ou outras que não pretenda que se tornem públicas.

Lembre-se que, quando uma imagem é pública nas redes sociais, todos os comentários também o ficam. É fácil perceber pelos comentários onde residem, trabalham ou que escola frequentam as pessoas da imagem.

Fonte: SOL