Reformado interrompe apresentação do Movimento dos Reformados Indignados


«Vocês são uns tristes. Estão aqui a protestar porque 20 ou 25 mil euros não vos chegam por mês para viver?» Foi assim que um reformado abordou os organizadores do Movimento dos Reformados Indignados, liderados por Filipe Pinhal, ex-presidente do BCP.

«Há pessoas que ganham 300 euros por mês, há crianças com fome», atirou ainda Afonso Diz, reformado do Millennium bcp, que se encontrava na audiência, durante a conferencia de imprensa para apresentar o Movimento aos jornalistas.

O Movimento representa 70 reformados com pensões muito altas mas que se dizem prejudicados pela contribuição especial de solidariedade (CES), que chega a cortar até 90% das pensões mais elevadas. Os 70 membros têm pensões que vão dos 1.350 euros aos escalões mais elevados.

Perante as acusações, Filipe Pinhal, ex-presidente do BCP, ficou calado e não revelou o valor da sua pensão, que alguns jornais dizem chegar aos 70 mil euros. Filipe Pinhal saiu do BCP na sequência do escândalo das off shores e tem processos a decorrer em tribunal onde é acusado de prestação de informação falsa ao mercado.

Segue o vídeo: