Sara Norte: “Ganhava mil euros por cada viagem a Marrocos”


“Dinheiro fácil” foi o que levou Sara Norte, de 28 anos, ao mundo da droga. Em entrevista à RTP, a ex-atriz, que saiu em liberdadena passada terça-feira depois de cumprir 16 meses de prisão portráfico de droga, revela uma vida de excessos que agora quer esquecer.

ng2593090

“Ganhava mil euros por cada viagem a Marrocos, fiz mais de 30 e ingeria 100 bolas de haxixe de cada vez“, diz Sara Norte [que terá ganho mais de 30 mil euros], frisando: “Não me considero traficante, porque o dinheiro não era meu, sou a chamada ‘mula’, que é o correio de droga.”

A ex-atriz recorda que a primeira vez que foi a Marrocos buscar droga sentiu “um frio na barriga, mas era viciante”. No entanto, nas mais de 30 viagens que fez, foi apanhada pelas autoridades por duas vezes. Na última, acabou presa. “Nem queria acreditar, só queria a minha mãe. Graças a Deus que fui apanhada.”

Hoje, diz sentir-se uma Sara nova. “Não tinha sentimentos, não dava valor às coisas”, frisa, acrescentando que terá de viver com a culpa de ter feito a família, sobretudo a mãe, passar pelo desgosto de a ver na prisão. “Pedi-lhe logo perdão. Doeu-me muito vê-la, doente [Carla Lupi faleceu em julho com cancro no pulmão], ser revistada, tocada por guardas.”
As lágrimas rolaram-lhe pela cara quando recordou o dia em que ouviu a mãe pela última vez. “Nós falámos por telefone dois dias antes de ela morrer. Disse-me para eu ter força, que ela ia sair do hospital para me visitar”, refere.

Fonte: Correio da Manhã